segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Para pensar um pouco...

click to comment
Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos, e presentes não são promessas. Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que tu tens na vida, mas quem tens na vida. Descobres que as pessoas com quem mais te importas na vida, são tiradas de ti muito depressa; por isso, sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vemos. Aprendes que quando estas com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não da o direito de seres cruel. Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém. Algumas vezes, tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo. Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, tu serás em algum momento, condenado. Aprendes que não importa em quantos pedaços teu coração foi partido, o mundo não párapara que o consertes. E, finalmente, aprendes que o tempo, não é algo que possa voltar para trás. Portanto, planta teu jardim e decora tua alma, aoinvés de esperar que alguém te traga flores. E percebes que realmente podes suportar... que realmente és forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor, e que tu tens valor diante da vida!
Shakespeare

3 comentários:

O amor perfeito de um anjo disse...

ja alguns anos que venho refectindo sobre isto e tenho tendado alterar a minha postura perante a vida, uns dias com sucesso outros nem por isso. Mas no final o balanço é positivo e tem tornado o fardo menos pesado de carregar. Gostei bjs

belinha.borboleta disse...

Ele sempre é o melhor, disse tudo

Anónimo disse...

Lindo texto...ou não fosse de Shakespeare...
Linda a tua maneira de pensar, a tua Alma...
Muita Força e determinação para seguires em frente. Bjs. Bombom