sexta-feira, 12 de junho de 2009

Há poucas coisas capazes de me irritar, geralmente sou muito calma, e para me tirar do sério é preciso fazer muito... por isso quando ouvi a conversa entre duas pessoas que se achavam as melhores do mundo, resolvi virar costas antes de lhes dizer umas boas verdades.
As duas senhoras, estavam a falar dos filhos de uma outra senhora, que para elas eram as piores pessoas do mundo, porque imaginem-se eram drogados... Meu Deus, quando eu ouço as ditas, criticarem a mãe e julgarem os filhos da maneira que o estavam a fazer, tive de me afastar para não lhe chamar os piores nomes que naquele momento me passaram pela cabeça.
Não pensem que foi pelo meu passado que me doeu, foi porque eu conheço as duas que julgavam e os que estavam a julgar. Sei que quem criticava tem filhos que vendem e consomem drogas e que a senhora que tinha os filhos drogados já passou muito na vida e sofre cada vez que vê a destruição dos filhos.... E para além disso quem somos para julgar alguém, quem de nós está livre de não dar um mau passo, quem nunca errou que mande a primeira pedra, assim está na biblia.
Porque julgam? Porque falam sem saber? Porque não olham para aqueles que têm em casa em vez de criticar os outros? Eu sei! Porque as pessoas da nossa família, algumas claro porque até da própria família criticam, mas os filhos principalmente são os melhores do mundo, mesmo sendo os maiores f#&$s da P#$a.
Eu não julgo ninguém, porque quem sou eu para o fazer, e também detesto que o façam. Só há uma pessoa capaz de julgar, alguém superior a nós,e quando a nossa hora chegar, prestaremos contas ao nosso Criador e só ele poderá julgar. E quanto a nós é como diz aquele ditado "Pela boca morre o peixe!"

5 comentários:

COZINHAR COM OS ANJOS disse...

Dark fizes-te muito bem em virar as costas a essas "senhoras"será que são??? Que estavam a criticar os outros!Beijinhos com muito carinho:)

Clarisse disse...

Ola boa tarde! Adorei o teu blog... Prestei-lhe tanta atenção que "bebi" todas as tuas palavras! Fantastica forma de escrever, dou-te os meus parabéns! Sabes, fiz um estágio na área da toxicodependencia e fiquei fascinada com a força que encontrei!! Tanto gosto ficou que tenho um projecto em mente mas para po-lo em prática preciso de fazer pesquisa e mais pesquisa e falar com pessoas que tiveram contacto directo com esta realidade. Já consegui algumas pessoas dispostas a ajudarem-me mas com esta forma de te expressar gostaria, se possível, conversar contigo, nem que seja online claro. Bom eu sei parece esquisito não me conheces de lado nenhum, deves achar que estou doida pedindo tua ajuda. Mas, vou te deixar meu e-mail esperando alguma resposta tua... Obrigado pela atenção a ler-me...

clarisse.queiros1@sapo.pt

vyk de Hägar disse...

Parabens pelas palavras
simplesmente intensa!!

Adorei

vyk de Hägar

Ana Oliveira disse...

"Nao ha pior cego do que o que nao quer ver..."
Quantas as vezes a critica feita aos outros serve para esconder as fraquezas proprias ou proximas!

A revolta que sentimos nestas alturas eh grande mas o melhor mesmo eh virar as costas e esperar que a vida se encarregue da liccao de humildade que essas pessoas precisam.

Um beijo

Ana

Li disse...

Acredite, é muito mais fácil olhar os defeitos dos outros, do que encarar os próprios. A isto eu costumo chamar de "hipocrisia"... conheço muitas "senhoras" como as que você citou.
Fizeste muito bem em ter se afastado.
Beijo grande
Elida